Não está registado? Registe-se para ficar a par das novidades, novos lançamentos e ter acesso à loja online.

Registe-se!

Alberto Varanda

ALBERTO VARANDA 

fotoautor-varanda

Nasceu em 1965 em Portugal, tendo chegado a França em 1968.

Estuda escultura em madeira, e depois grafismo publicitário e ilustração em Paris. Terminados os seus estudos, colabora na Rantanplan Presse, e nas revistas Spirou e Tintin Reporter. Ministra depois cursos de desenho e conhece Croc, criador de RPG na Siroz. Da cumplicidade entre ambos nascerão jogos como INS/MV, Bloodlust, Scales e Bitume. Nessa altura, realiza também ilustrações para Casus Belli.

A sua colaboração com Ange começou com a BD Reflets d’écume. Seguir-se-ão as séries Bloodline (1), A Gesta das Amazonas-Dragões (2) e Paraíso Perdido (3). Em paralelo, Alberto realiza capas de romances para a Fleuve Noir. Conhece depois Christophe Arleston, o argumentista de Lanfeust de Troy, com quem começa Élixirs. Realiza na mesma época uma série de telas que se tornarão capas de romances para as Editions Bragelonne. Em 2010, assina para a Soleil Edition, Petit Pierrot, uma trilogia de livros poéticos e sonhadores, destinada a pequenos e grandes. Para além de A Morta Viva, desenvolve com a Comix Buro uma nova série juvenil: Les Little Héros.

(1) - Desta série, foram publicados em Portugal os livros “Lua Vermelha” e “A Batida” (ed. Meribérica/Liber).
(2) - Título com que surgiu a primeira história da série aquando inicialmente publicada, em 1998, a preto e branco, na revista Selecções BD - II série (Meribérica/Liber). A mesma obra viria a ser objecto de publicação pelas Edições Devir, em 2002, a cores, com o título A Saga dos Cavaleiros Dragões.
(3) - Série iniciada em Portugal pela Vitamina BD.

Nomeações de A Morte Viva

A edição de A MORTE VIVA (Vatine e Varanda) da Ala dos Livros recebeu várias nomeações para prémios de BD.

Ler mais...